Parceiros

No âmbito da cooperação, o IFAL estabeleceu acordos de parcerias com instituições nacionais e internacionais, nomeadamente:

Foram assinados acordos com as universidades 11 de Novembro, Lueji Ánkonde, KimpaVita, Mandume a Ndemufayo, no âmbito da promoção de iniciativas curriculares conjuntas no domínio de formação e capacitação dos quadros e dirigentes da Administração Local e Autárquica, incluindo os cursos de especialização, Mestrados. Pós-graduações e Mestrados Executivo.

http://www.unikivi.net/pt/

https://umn.ed.ao/umn/

http://fas.co.ao

Foram igualmente assinados acordos de cooperação com o Fundo de Apoio Social, com vista ao intercâmbio institucional, complementaridade e parceria no âmbito da formação dos técnicos, quadros e dirigentes da Administração Local e Autárquica; O acordo visa ainda promover iniciativas curriculares conjuntas e uniformização de conteúdos do IFAL a nível Local e conciliação dos planos de formação.

Para dinamização do Ensino a Distancia, estabeleceu-se um acordo de cooperação com o Centro de Educação a Distancia para o Desenvolvimento Económico e Tecnológico (CEDDET) que para além de formação da Equipa técnica do IFAL no domínio de informação sobre gestão de cursos no ambiente on-line, visa cooperar com outras organizações de outros países na gestão e difusão do conhecimento especializado através da formação on-line e da criação de comunidades ou redes virtuais de profissionais, apoiando nas tecnologias de informação e comunicação, com intuito de contribuir para o desenvolvimento económico-social.

Este acordo visa criar condições necessárias para o intercâmbio de informação, experiências e conhecimentos na área de serviços públicos; ou seja, o acordo procura pôr em comum experiencia e os conhecimentos dos institutos para intercâmbio e estratégias pedagógicas de formação para melhoria e o aperfeiçoamento do pessoal que presta serviço na Administração Local do Estado; O acordo prevê ainda acções de formação conjuntas de qualquer índole adaptadas à demanda das entidades locais, especialmente angolanas e de seus funcionários e quadros de direcção.

No contexto actual, a inter-relação das instituições acabam por ser importantes se quisermos desenvolve-las. O uso das línguas estrangeiras é uma necessidade inevitável para os funcionários global de qualquer instituição pública, já que o nível de desenvolvimento atingido pelas sociedades do terceiro milénio, fruto da integração económica, cultural e social, exige o recurso ao uso às diversas línguas para facilitar trocas de experiências e influência mútua para novas aprendizagens.

Atendendo a formação dos funcionários públicos é uma função essencial do IFAL para procurar a maior qualidade e adequação às necessidades da administração e da aprendizagem dos funcionários públicos, o IFAL pretende converter-se num centro de excelência em inovação formativa. Deste modo, estabeleceu um acordo de cooperação com Kingdom ́International Organization for Educationaland Cultural Relations (BritishCouncil), no sentido de se criar no IFAL, um Centro de Excelência de língua Inglesa, para um lado formar os funcionários do IFAL e MAT e por outro os funcionários da Administração local do estado e autárquica.

O objectivo principal do acordo entre o IFAL e as prefeituras do Brasil, é a criação de condições institucionais para o reforço da capacidade e conhecimento dos alunos do CMALA e profissionais da Administração Local, para fortalecer a participação, promoção e orientação do desenvolvimento económico-social e garantir a prestação de serviços públicos nas circunscrições administrativas onde forem colocadas depois de concluírem a sua formação.

Os estágios nestes municípios do Bahia, servirão de uma troca de experiencias entre as partes e IFAL enviará 4 profissionais a prefeitura de Itaberaba e a Itaberaba enviará o mesmo número de profissionais para os municípios de Angola.

Os sectores de interesse de cooperação de ambas instituições, são os de Energia, Agua, Saneamento básico, Saúde, Educação, Organização social - Associativismo e cooperativismo, Administração das prefeituras em comunidades do meio rural, Turismo; Politica cultural etc.

O IFAL assinou um memorando de entendimento com a UNICEF Angola, com objectivo de estabelecer as directrizes sobre os quais poderão realizar um programa de cooperação técnica, em qualquer das áreas definidas no plano de Acção do Programa de cooperação 2015-2019, assinado entre o Governo de Angola e a UNICEF. Acordo de cooperação com o Centro de Políticas Públicas e Governação Local O IFAL assinou um acordo com o Centro de Políticas Públicas e Governação Local, visando promover iniciativas curriculares conjuntas no domínio de formação de formação transversal para administradores e executivas para altos dirigentes do Estado (em regime modular) com ênfase para questões ligadas a governação, Administração local e áreas afins.